Buscar

PASTORAIS

Você está aqui: Página inicial > Pastorais

Capelinhas


 

 

VISITA DOMICILIAR DA MÃE DE DEUS


Lemos no Evangelho de São Lucas que Maria Santíssima visitou sua prima Isabel. Recebendo a visita, Isabel alegrou-se muito e exclamou: " Donde me vem esta graça que a Mãe do meu Senhor venha me visitar?" (Lc 1,43)

Realmente, é uma grande graça receber, na própria casa, a visita da Mãe de Deus. Ora, ao receber a Capelinha é a Ela que recebemos!

 

  • Origem

O Movimento das Capelinhas é um culto familiar prestado a Deus por intermédio de Nossa Senhora. Começou em 1888, no Equador.Espalhou-se, rapidamente, pelo mundo inteiro e, em nossa Paróquia N. Senhora de Loreto , começamos nossa 1ª reunião no dia 12 julho de 1.981,com autorização do Bispo Dom Joel Capitan, que ordenou nosso Pároco na época Pe. João Barbieri, que marcasse uma reunião com todas as Pastorais e coordenadores da comunidade,assim iniciamos a nossa primeira reunião colocando as zeladoras , vices e conselheiros das capelinhas assim  milhares de famílias são mensalmente visitadas pela Mãe de Deus.

É bom lembrar que o Movimento dos Zeladores de Capelinhas são acompanhados pelo nosso Pároco Padre Fernando Baptistute (OSJ) e Padre Milton Bim (OSJ) ,Vigário desta Paróquia. Os nossos encontros são todo 2º Domingo do mês ás 16 horas no Salão São José Marello.

 

  • Finalidade

O Movimento das Capelinhas propõe-se:

  1. Unir as famílias pela oração, pois a família que reza unida permanece unida.
  2. Aprofundar e esclarecer a fé pela leitura e meditação da Bíblia, principalmente na ocasião da visita.
  3. Unir as famílias pelo mesmo ideal para formar verdadeiras comunidades, onde todos se conheçam, se amem e se ajudem.
  4. Rezar, promover e amparar espiritual e materialmente as vocações sacerdotais e religiosas.

 

  • Funcionamento

* Cada Capelinha visitará, no máximo, 30 famílias.

* Permanecerá um dia (24horas) em cada família.

* Todos os sócios devem saber o dia da visita da capelinha e ser pontuais em levá-la na hora e dia marcados à família seguinte.

* Cada Capelinha terá o seu Zelador (a) aprovado (a) pelo Pároco da Paróquia.

 

  • Modo de Proceder
  1. Ao receber a Capelinha de Nossa Senhora, coloque-a num lugar de honra. Acenda se possível, uma ou duas velas e reze-se a "Oração da Visita" - (Manual das Capelinhas).
  2. À noite, quando a família estiver reunida, reza-se o Terço. Recomenda-se muito que, não só a família, mas também os vizinhos sejam convidados a rezarem juntos, sobretudo nos meses de maio e outubro, dedicados a Maria. As orações do Terço e outras orações, estão no Manual das Capelinhas, que normalmente acompanham as Capelinhas.
  3. Depois da oração do terço, sentam-se todos para a leitura e meditação da Bíblia; além disso,  pode-se ler também algum livro ou um artigo de uma revista religiosa.
  4. Durante a noite e o dia seguinte, a Capelinha permanece aberta e colocada num lugar de honra. Não há  necessidade de deixar luz acesa todo o tempo e, se for preciso, todos podem sair de casa, para seu trabalho e afazeres. Há o costume de se deixar uma oferta na Capelinha, mas também isso não é obrigatório. As ofertas se destinam à formação de futuros sacerdotes, e convém que sejam frutos de pequenos sacrifícios ( ex.: deixar de comprar sorvetes e pipocas, refrigerantes, etc.). Estas ofertas deverão ser entregues, todos os meses, pelo Zelador(a) ao Pároco.     
  5. À tarde, na hora estabelecida, reza-se a "Oração de Despedida" e leva-se a Capelinha para a casa seguinte, conforme consta na lista. Se não houver ninguém nesta casa, permanecerá mais um dia na mesma casa e, depois, leva-se adiante, para que sempre esteja em dia, seguindo a ordem da lista de visitas.
  6. A visita da Mãe de Deus à nossa casa é uma retribuição da visita que nós fazemos ao seu Filho na Igreja. Por isso seria uma contradição receber a Capelinha e não participar da Missa Dominical.    
  7. Por ocasião do mês de Maio e Outubro, de acordo com a programação da Paróquia, costuma-se levar a Capelinha em procissão para a Igreja, acompanhada dos sócios - famílias que recebem a Capelinha. É a concentração ou Missa das Capelinhas. Todos são convidados para participar!
  8. Mensalmente celebra-se, na Paróquia, uma Missa pelos sócios vivos e falecidos das Capelinhas.
  9. Caso algum dos sócios venha a falecer, a Capelinha deve ser imediatamente levada para a casa dele, sendo, após o enterro, levada para a família correspondente ao dia.

*  - Zeladores das Capelinhas

 

Coordenadora: Liliana Malagutti

Rua Geolândia, 549 casa 5 E
Vila Medeiros - São Paulo
Fone: 11 2981-4950

Compartilhar | 
+
Fale conosco | Mapa do site | Copyright © nsloreto.org.br - Todos os direitos reservados. All rights reserved.